Local de manifestações, Largo do Batata vai ficar mais verde

O Largo do Batata, em Pinheiros, São Paulo, um dos espaços públicos mais tradicionais da capital paulista, vai passar por uma grande reforma para ficar mais verde. Com recursos da iniciativa privada, a gestão do prefeito João Doria (PSDB) vai começar, no início da próxima semana, a plantar 70 árvores da Mata Atlântica no local. Entre as espécies estão pau-brasil, jequitibás brancos e rosas, cedros e babosas.

O custo do processo de arborização, de R$ 224 mil, será pago pelo Shopping Iguatemi, que também será responsável pela manutenção do local. As árvores serão plantadas no tamanho adulto. As espécies de plantas foram escolhidas de modo que, nas diferentes estações do ano, alguma delas esteja florida. A expectativa é de que a intervenção esteja concluída em meados de setembro.

Conhecido por ser um dos principais pontos de manifestações de São Paulo, o largo também receberá uma bandeira do Brasil com mastro de 33 metros de altura e 56 metros de cumprimento, a maior da cidade.

O local também receberá uma base fixa da Guarda Civil Metropolitana (GCM) e serão instalados equipamentos de exercício ao ar livre para a terceira idade. Em 2011, o Largo do Batata passou por uma grande reforma, mas as reclamações permaneceram, como excesso de concreto, ausência de bancos e de serviços para os passageiros de ônibus e metrô.

*As informações são do O Estado de S. Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*