Prefeitura de Barueri tem sua primeira Cipa unificada

Na tarde de quinta-feira, 6, o DTMST (Departamento Técnico de Medicina Segurança do Trabalho), órgão vinculado à Secretaria de Administração, apresentou a ata de instalação e  posse de 71 membros da Cipa (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes), primeira unificada no âmbito da Prefeitura de Barueri. O mandato será de dois anos, sendo permitida uma reeleição.

barueri-cipa

O evento foi conduzido pela coordenadora do DTMST e presidente da comissão eleitoral da Cipa, Maria Teresa de Rezende Gabrioli Faria, que leu a ata com os nomes dos servidores. E um deles é o do presidente Fábio Atanásio Ivanov. Além disso, foram citados os demais membros efetivos e suplentes (eleitos e indicados) que compõem a comissão composta por representantes de todas as secretarias, do Ganha Tempo e da Ouvidoria da Prefeitura de Barueri.

A Cipa unificada foi instituída pelo Decreto N.º 8527, de 3 de Abril de 2017, que regulamenta o §2º do art. 76, da lei complementar nº 277, de 7 de outubro de 2011. Tem como objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, mediante todas as ações necessárias e ligadas à matéria, em conjunto com o DTMST.

Fábio é diretor de modalidades da Secretaria de Esportes. Como um dos representantes da comissão, ele foi designado pelo Poder Executivo. “Uma surpresa agradável para mim. Que seja uma primeira Cipa unificada para fazer história. Vai ser muito legal a união de todas as secretarias. Esperamos fazer um trabalho excelente”, prevê o presidente. Caberá a ele desenvolver tarefas como: convocar os membros para as reuniões, coordená-las, encaminhando à Administração Municipal e ao DTMST, as decisões da comissão.

Além do presidente, foi escolhida pelos servidores titulares a vice-presidente da Cipa, Simone da Cruz Pontes (assistente de desenvolvimento infantil, da Secretaria de Educação). Também foram indicados, entre os componentes ou não da comissão, o secretário Antônio Carlos Basso, diretor técnico do DTSMT, e a sua substituta Fátima Cristina Varza Pícoli, agente de zoonoses da Secretaria de Saúde.

Atribuições 
A Cipa terá diversas atribuições. Entre elas, estão: identificar os riscos do processo de trabalho e elaborar o mapa de riscos, com a participação do maior número de servidores, com assessoria do DTMST; elaborar plano de trabalho que possibilite a ação preventiva na solução de problemas de segurança e saúde no trabalho; participar da implementação e do controle da qualidade das medidas de prevenção necessárias, bem como da avaliação das prioridades de ação nos locais de trabalho.

Treinamento
Conforme determina a legislação vigente, todos os componentes da Cipa farão curso obrigatório – treinamento com carga de 20 horas, distribuídas em no máximo oito horas diárias. O período previsto é de 31 de julho a 4 de agosto deste ano, e será realizado durante o expediente normal de trabalho dos servidores, podendo ser ministrado pelo DTMST ou por profissional que possua conhecimentos na área.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*